Imprimir esta página
Terça, 25 Junho 2019 14:48
Avalie este item
(0 votos)

Livro que destaca a história e o patrimônio de Ponte Nova é lançado na ACIP/CDL



Na noite desta segunda-feira (24/06), a ACIP/CDL foi palco do evento de lançamento do livro “Ponte Nova: Memória e Patrimônio, um retrato histórico”.


A autoria é do sociólogo e escritor Osias Ribeiro Neves, que é também fundador e sócio-diretor da Editora Escritório de Histórias. O livro conta também com a pesquisa do escritor Luciano Sheikk. A abertura teve ainda a presença da jornalista e ex-apresentadora do Globo Esporte, Leticia Renna. É dela a voz do áudio-book do livro, garantindo acessibilidade à publicação. Os três se pronunciaram durante o evento, assim como Fernanda Ribeiro (secretária Municipal de Cultura), Afonso Mauro Pinho Ribeiro (diretor da ACIP/CDL) e Carlos Bartolomeu (diretor da Bartofil). O livro contou com o apoio exclusivo do grupo Bartofil, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).


A publicação levou cerca de dois anos para ficar pronta, com um trabalho intenso de pesquisa e produção, contando com a colaboração de mais de 100 pessoas que conversaram e deram seus depoimentos para o escritor. Foram feitas ainda pesquisas em acervos de Ponte Nova, Mariana, da Biblioteca Nacional, Fundação Getúlio Vargas, Arquivo Público Mineiro e em publicações de época, além de extensa bibliografia.


O livro é dividido em oito capítulos, iniciando com um passeio pela segunda metade do século XVIII e século XIX com foco na expansão cafeeira da Zona da Mata Mineira, as usinas de açúcar, a chegada do trem em Ponte Nova até os primeiros anos de República no Brasil. Aborda ainda o perfil da cidade nos anos cinquenta, os anos dourados, e também os anos de chumbo, com crise do petróleo, as enchentes e a mobilização para reestabelecer a democracia e a economia.


Entre os vários contextos, o livro relata o lado econômico de Ponte Nova, mostrando como a cidade se reinventou ao longo do tempo. ''Desde a expansão da lavoura de cana de açúcar, no século XIX e início do XX, passando pela economia açucareira, pelo café, e atualmente a suinocultura, o atacado e a indústria de laticínios. A cidade é dona da melhor goiabada do Brasil, que se tornou patrimônio imaterial da cidade”, destacou o autor do livro.


Segundo Osias, os leitores vão se surpreender ainda com várias curiosidades como “uma manchete de jornal dos anos cinquenta que relatava que um disco voador tinha descido na cidade''. Com 234 páginas, o livro aborda ainda a construção do município mineiro de Ponte Nova, por meio de fotos, declarações e história dos seus moradores. Para o autor, "esta é uma obra que faz um retrato da cidade sem, contudo, esgotá-la”.


O evento foi encerrado com a venda de livros e sessão de autógrafos. Ao todo, 100 livros foram entregues para a Secretaria Municipal de Cultura para serem repassados a espaços e bibliotecas da cidade.




 

 

 

 

 

Última modificação em Terça, 25 Junho 2019 14:53